Maxway – Artigos sobre vida saudável e saúde natural

acidez-estomacal-azia

Acidez Estomacal

A acidez estomacal ou azia, como é popularmente conhecida, é o excesso de sucos digestivos no estômago, entre os quais se encontra o ácido clorídrico. Esses sucos podem refluir, subindo ao esôfago, provocando a sensação de ardência no esôfago. Manifesta-se como sensação de acidez e dor de estômago. Em algumas ocasiões esse ácido sobe ao esôfago e pode produzir um forte mal-estar - azia. Quando isto é frequente, pode-se apresentar retenção de líquidos, tendência a artrite reumatoide, dor de cabeça, sensibilidade dos dentes ao vinagre e a frutas acidas.

Causa: A acidez estomacal é causada principalmente por problemas digestivos como regurgitação ácida do estômago para o esôfago e não tem muito a ver com o sistema cardiovascular. A azia se desenvolve quando a válvula muscular que controla o esfíncter esofágico inferior (LES) para de funcionar adequadamente mantendo ácido estomacal no estômago. Normalmente, o LES controla o movimento da válvula “on / off” que permite que o alimento entre no estômago, não permitindo que o ácido e o gás escapem. Quando o LES abre muito e com muita frequência, o ácido do estômago pode infiltrar lentamente e causar sintomas de refluxo. A sensação real de queimação é causada pelo fluido digestivo do estômago irritando o revestimento do esôfago e garganta.

Alimentos que pioram a acidez:

  • Alimentos fritos ou refeições ricas em óleos de baixa qualidade e refinados;
  • Embalados com adoçantes artificiais, ingredientes, conservantes e sabores artificiais;
  • Frutas cítricas;
  • Café;
  • Produtos com cafeína;
  • Pimenta;
  • Álcool.

Alimentos que podem evitar acidez: Concentre-se em comer uma dieta de alimentos que trazem melhorias para os sintomas de acidez estomacal, preenchido com alimentos integrais que não agravam o seu sistema digestivo. Legumes verdes folhosos, bagas, legumes como batata doce, alimentos probióticos, óleo de coco e peixes selvagens são geralmente todos bem tolerados, mesmo para pessoas com estômagos sensíveis. A dieta contra a acidez é um grande exemplo de um protocolo que se concentra em alimentos integrais que tratam problemas digestivos como IBS, refluxo ácido e muitas outras condições.

Dicas:

  • Pare de fumar: o cigarro aumenta a secreção de ácido e faz com que o suco gástrico fique mais forte, facilitando as inflamações da mucosa do estômago.
  • Fracione a alimentação: é essencial para estimular um trabalho uniforme do estômago, fazendo com que o ácido seja usado frequentemente para processar os alimentos e não fique muito tempo parado.
  • Não fique em jejum: quando você não come, o suco gástrico fica parado. Quanto mais tempo isso ocorrer, mais o estômago ficará suscetível a inflamações.
  • Evite grandes refeições: o estômago de quem come muito não consegue processar toda a comida e estimula mais produção de ácido.

 

Compartilhe esse Artigo

Deixar um Comentário

(0 Comentários)