Divertículos

Diverticulos

Divertículos são bolsas que se produzem quando as membranas do cólon e do intestino grosso se inflamam, formando pequenos sacos laterais - pequenas bolsas protuberantes se desenvolvem no trato digestivo.

Quando essas bolsas se enchem de alimento e não são esvaziadas depois da digestão, são desencadeados problemas intestinais, pois o alimento sofre putrefação, causando aquilo que se chama de diverticulite, decorrente da inflamação do divertículo.

Sintomas: A diverticulite aguda é um sinal de complicação nos divertículos. Dependendo da gravidade do quadro, os sintomas mais importantes são: Dor abaixo do umbigo, que se desloca para o quadrante inferior esquerdo do abdômen; Prisão de ventre; Diarreia; Sangue nas fezes; Dificuldade para urinar; Febre; Náuseas e vômitos; Fístulas; Sangramentos.

Causas: Quando uma pessoa está com prisão de ventre, o esforço para evacuar faz com que aumente a pressão interna do intestino, o que provoca a formação e o enchimento de bolsas laterais do cólon, chamadas divertículos. A acumulação da matéria fecal decomposta dentro das bolsinhas, produz a inflamação local, formando gases.
O estresse, a falta de fibras e a pouca ingestão de água são as causas principais da prisão de ventre e portanto a causa da formação de divertículo.

Tratamento: Se não houver sinais de gravidade, o tratamento inicial da diverticulite associa dieta leve e líquida à prescrição de analgésicos e antibióticos. Em geral, em 72 horas, 80% dos casos evoluem para cura.

Recomenda-se comer muita fibra - cenoura, farinha de cereais, plátana, tomate, pepino, maçã, laranja, batata... Ingerir Aloe Vera, esta é altamente umectante, além de ajudar na desintoxicação. Se sentir febre deve-se usar algum antibiótico natural , como o própolis. Evitar alimentos que produzam gases, grãos inteiros, sementes...

Comer bastante verduras frescas.

Compartilhe esse Artigo

Você pode gostar...

Deixe um comentário