Maxway – Artigos sobre vida saudável e saúde natural

Endometriose - o que é, e quais os sintomas

Endometriose

A Endometriose é uma doença congênita na qual o tecido endometrial - que forma a cavidade intra-uterina, implanta-se em quantidades variáveis fora da sua posição normal, sendo assim um distúrbio em que o tecido que normalmente reveste o útero cresce fora do útero.

Há duas formas básicas: A interna, ou uterina, que se caracteriza pela implantação de tecido anômalo na musculatura uterina, também chamada de adenomiose; e a externa que surge em outras partes do corpo que não o útero. Esta última pode aparecer em qualquer do corpo, mas em geral, está confinada aos órgãos e tecidos do abdômen e da bacia, sendo a localização mais comum nos ovários, onde pode dar origem a cistos contendo sangue menstrual envelhecido e de cor castanha.

Por ocasião do período menstrual, o tecido endometrial ectópico - endometriose, fora do seu local normal, responde também aos mesmos estímulos hormonais, produzindo hipertrofia com sangramento, o que provoca dores de intensidade variável. Se o tecido endometrial localizar-se em regiões distantes da pelve, como nos pulmões ou estômago, haverá, tipicamente, o surgimento de sinais do tipo hemoptise ou vômitos sanguinolentos, respectivamente; embora raros são casos de fácil diagnóstico médico. Em casos em que a endometriose não cause distúrbios acentuados, não é um problema que costuma se agravar ou gerar outros secundários.

Sintomas:

Os principais sintomas da endometriose são dor e infertilidade. Aproximadamente 20% das mulheres têm apenas dor, 60% têm dor e infertilidade, e 20% apenas infertilidade. Existem mulheres que sofrem dores incapacitantes e outras que não sentem nenhum tipo de desconforto.

• Cólicas menstruais intensas e dor durante a menstruação;
• Dor pré-menstrual;
• Dor durante as relações sexuais;
• Dor difusa ou crônica na região pélvica;
• Fadiga crônica e exaustão;
• Sangramento menstrual intenso ou irregular;
• Alterações intestinais ou urinárias durante a menstruação;
• Dificuldade para engravidar e infertilidade.

O que fazer:

Proceder a exame ginecológico regular e em caso de já sentir algum sintoma, procurar o médico para um diagnóstico adequado.

Compartilhe esse Artigo

Deixar um Comentário

(0 Comentários)